Review: Wilson Blade 98 18×20 (2015)

Olá pessoal, trago para vocês o review de uma das raquetes mais utilizadas por juniores, a Wilson Blade 98 18×20, versão 2015. A seguir os pontos fortes e fracos desta raquete:

 

Configuração utilizada no teste:

Corda: Yonex Poly Tour Pro 1.25
Grip: Original da raquete / Leather Grip Pacific
Overgrip: Yonex Super Grap
Antivibrador: Sem antivibrador

Trocas de bola:

A raquete é muito estável, entrega bastante controle e tem um sweetspot excelente! Senti um pouco de falta de spin, mas o controle compensa, passando uma confiança absurda para o jogador imprimir um estilo de jogo mais agressivo. Nas trocas de bola da linha de base achei a Blade 98 18×20 excelente, é sem dúvida uma raquete recomendada para jogadores de swing rápido e agressivo, não é uma raquete para jogadores que apenas passam as bolas, ela foi feita para atacar. O efeito de spin é médio para baixo, mas com a técnica adequada ele pode ser imprimido com naturalidade. Inclusive assisto vários bons jogadores imprimirem bastante topspin com a Blade.

Saque:

O primeiro serviço é muito bom, gostei principalmente do controle direcional, entretanto na potência a raquete ficou devendo um pouco. No segundo saque gostei da facilidade de se aplicar slice e também de colocar aquele serviço mais seguro buscando o corpo do adversário. No saque com topspin senti um pouco de dificuldade em aplicar peso na bola, mas penso que foi mais falta de técnica da minha parte.

Retorno do saque:

No retorno do saque a Blade favorece golpes agressivos, sendo que a estabilidade e o controle ajudam muito. No backhand os golpes mais chapados e os slices são excelentes. Alguns jogadores podem sentir um pouco de dificuldade no início pois a raquete tem um swingweight maior que o usual, mas quem está acostumado com raquetes mais pesadas não devem ter dificuldades. Minha dica aqui são movimentos curtos e limpos, tem que tomar cuidado para não atrasar.

Voleio:

Nos voleios essa raquete é um pouco lenta, mas o controle, o sweetspot e a estabilidade acabam se sobressaindo. Está é uma raquete excelente para voleios fundos e precisos. Portanto, penso que é excelente para voleios.

Slice:

O slice é muito bom, usualmente eu não utilizo raquetes com padrão 18×20, portanto, devo pensar que esse é um dos motivos pelo qual eu gostei tanto do slice na Blade 98 18×20. O slice é muito bom, preciso, profundo, resumindo: É excelente.

Conforto:

O conforto nessa raquete é médio para bom, melhorou muito em relação a versão anterior, e é bom para uma raquete 18×20, penso que a maioria dos jogadores não vão ter problemas com essa raquete. O feel também é bom, melhorando muito nesse sentido também.

Finalizando:

A Wilson Blade 98 18×20 (2015) é uma raquete incrivelmente estável para o seu peso, sendo recomendada para jogadores agressivos, que buscam controle e estabilidade. Ela é com certeza uma evolução em relação a versão lançada em 2013 (paintjob preto), sinto que dessa vez a Wilson acertou em cheio. Essa raquete não é recomendada para jogadores que jogam baseados na regularidade, com bastante spin, apostando nos erros dos adversários. Como mencionado, ela é uma raquete para atacar, com bolas planas e precisas. Um plus dessa raquete é o paintjob, muito bonito. Devo dizer que ela combina muito bem com cordas pretas e/ou verdes, a Solinco Hyper G fica muito bonita.

Para facilitar a visualização, segue uma tabela com as notas:

Especificações da Wilson Blade 98 18×20 (2015):

Tamanho da cabeça: 98″
Comprimento: 68,58 cm
Peso (encordada): 320 g
Equilíbrio: 3 HL
Swingweight: 327
Rigidez: 64
Espessura do aro: 21,5 mm
Nível de potência: Baixo
Estilo de swing: Longo
Velocidade do swing: Rápido
Padrão de cordas: 18 x 20

Extra:

Em relação a versão anterior, com paintjob preto (2013) a nova versão ganha em conforto, estabilidade e manuseabilidade, perdendo um pouco de potência, do meu ponto de vista foi uma grande evolução.

Muito obrigado por acompanhar o blog TL e até o próximo review!

Fonte imagem de destaque: tennis-warehouse.com

One Comment

Deixe uma resposta

Translate »