Review: Yonex Ezone Ai 98

Atendendo a pedidos, após falar sobre o lançamento da Yonex DR 98, trago o review de uma raquete que faz enorme sucesso, a Yonex Ezone Ai 98. Em todos os clubes podemos ver um misto de novos jogadores querendo avançar a um novo patamar e jogadores experientes buscando conforto e solidez. Bom, essa é a proposta da Ai 98, uma raquete sólida e confortável, ideal para jogadores que batem pesado e com spin moderado. A grande embaixadora dessa raquete no circuíto é a tenista Ana Ivanovic, a jogadora tem um jogo muito sólido de fundo de quadra e costuma dominar suas adversárias com potentes e profundos golpes de forehand.

Configuração utilizada no teste:

Corda: Yonex Poly Pro Tour 52/50
Grip: Leather Kimony Techni
Overgrip: Supergrap
Antivibrador: Yonex
Peso final: 333g

Trocas de bola:

A Yonex Ezone AI 98 é super estável, o seu peso de 310g (326g encordoada) somado ao balanceamento 5 HL e o padrão de cordas não muito aberto oferece bolas pesadas, com spin moderado e com excelente precisão. É uma raquete formidável para jogadores da linha de base, as bolas chapadas são muito precisas e as bolas com spin são boas. Um ponto que se deve destacar é o conforto que a raquete apresenta, ela praticamente não vibra e é excelente para jogadores com problemas no braço, essa Yonex é o que chamamos de raquete amiga do braço.

Saque:

O primeiro saque com a Ai 98 é muito bom, a bola sai pesada e bastante rápida, é um saque que normalmente não se encontra em raquetes nessa faixa de peso, parece um saque de uma raquete com cabeça menor e maior peso, resumindo: Excelente! No segundo saque encontrei um bom golpe, no início tive que me adaptar um pouco, mas depois desse período consegui um bom saque com efeito.

Retorno do saque:

Esse foi o golpe que mais me impressionou na raquete, a raquete é muito sólida e transfere muito peso para a bola, as devoluções agressivas são devastadoras e as devoluções com bloqueio são fáceis, portanto, se não der para atacar, bloqueie e vá para o próxima bola, o importante é que a raquete não cede. Eu prefiro ser agressivo na devolução, e a Yonex Ezone Ai 98 é excelente para o meu estilo.

Voleio:

A raquete na rede é super estável, os voleios são bons, principalmente os voleios fundos. Os voleios rápidos de bloqueio são excelentes. Você sente a bola na raquete, acho que a rigidez baixa dá essa sensação de arrastar a bola no voleio. O feel neste golpe é excelente.

Slice:

O voleio agressivo é bom, preciso. Os voleios defensivos também são bons, talvez apenas um pouco mais de massa deixaria esse golpe excelente.

Finalizando:

A Yonex Ezone Ai 98 é uma raquete completa, boa para saques pesados e longas trocas de bola. É muito fácil manter as bolas profundas. Ainda, a Ai 98 é uma raquete de peso intermediário com excelente manuseabilidade e que imprime muito peso para a bola. Aliada à excelente resposta em quadra, temos a questão do conforto, a Ezone é uma das raquetes mais confortáveis que podemos encontrar atualmente no mercado. Outro ponto a se destacar, é o tamanho do sweetspot da Yonex, ela parece ser uma raquete de 100″, portanto, temos: potência, conforto e precisão.

Posso dizer que, até hoje, a Ai 98 está com certeza no top 3 das melhores raquetes que já tive o prazer de levar às quadras. Além de todas essas qualidades, a pintura da raquete é linda, o preto fosco com amarelo ficou show! Resumindo, a Yonex Ezone Ai 98 é altamente recomendada para jogadores agressivos e para baseliners.

Para facilitar a visualização, segue uma tabela com as notas:

Especificações da Yonex Ezone Ai 98:

Tamanho da cabeça: 98″
Comprimento: 68,58 cm
Peso (encordada): 326 g
Equilíbrio: 5 HL
Swingweight: 322
Rigidez: 63
Espessura do aro: 23 / 24 / 19,5 mm
Nível de potência: Fraco-Médio
Estilo de swing: Médio-Longo
Velocidade do swing: Rápido
Padrão de cordas: 16 x 19

Você pode deixar suas dúvidas ou sugestões nos comentários. Abraços e até o próximo post!

Crédito das imagens: Yonex.com

16 Comments

Deixe uma resposta

Translate »